Todo dia é Dia da Terra

O dia oficial foi em 22 de abril, mas todo dia é dia de cuidar da nossa casa.

Você sabia que existe um dia denominado como o Dia da Terra?

Originalmente criado em 1970, por um ambientalista e senador dos EUA, chamado Gaylord Nelson, ele tinha como intuito chamar atenção para a limpeza do ar e da água, após um derramamento de óleo em 1969, na Califórnia. Desde então, o dia permanece marcado na história e se repete anualmente, sempre trazendo à tona as principais discussões sobre as temáticas socioambientais do momento.

Mesmo que seja apenas um dia, todo o mês de abril é considerado o da Terra. Por isso, durante esses 30 dias, acontecem diversas discussões políticas e ambientais, além de ações para promover o cuidado com o planeta. Afinal, o intuito  é chamar atenção para temas que comumente são pouco falados no dia a dia, como: crises climáticas, poluição, desmatamento etc.

Para ajudar a cuidar da nossa casa, confira algumas ações diárias que você pode fazer para ajudar o planeta:

  1. Economize energia em casa

Grande parte da eletricidade e do aquecimento utilizados nas casas do mundo é alimentada por carvão, petróleo e gás. Por isso, é recomendado usar menos energia, reduzindo o uso de aquecimento e ar-condicionado, mudando as luzes de casa para lâmpadas LED e para aparelhos energeticamente mais eficientes, lavar roupas em água fria ou pendurá-las ainda molhadas para secar  etc.

  1. Tente um meio de transporte limpo

A ONU destaca que “as estradas pelo mundo estão saturadas de veículos, a maioria movidos a gasolina ou óleo diesel. Caminhar ou ir de bicicleta, em vez de dirigir, reduz as emissões de gases de efeito estufa e gera benefícios à saúde e à forma física”.

  1. Cuidado com o desperdício de alimentos

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) adverte que 1,1 bilhão de toneladas de alimentos vegetais e 175 milhões de toneladas de produtos animais são desperdiçados a cada ano.

  1. Relembre os 3 R’s: Reduzir, reutilizar e reciclar

Os itens que compramos geram emissões de carbono em todos os elos da cadeia produtiva, desde a extração de matérias-primas até a fabricação e o transporte dos produtos para o mercado. Por isso, são boas ideias comprar de segunda mão, reparar o que quebra e, claro, reciclar.

Comentários

{{comment.parent.comment_author}}
{{comment.parent.comment_date}}
{{comment.parent.comment_content}}
Comentar
{{children.comment_author}}
{{children.comment_date}}
{{children.comment_content}}
Comentar
Ver mais comentários

Matérias anteriores