As seis competências que nos ajudarão a concretizar nosso sonho

Conheça os comportamentos que vão apoiar seu protagonismo na nova temporada.

Toda série tem suas estrelas. E aqui, na nova temporada da série Porto Seguro, convidamos você para fazer parte do elenco principal. Pense neste artigo como um roteiro que você lê no camarim, antes de entrar em cena, ou uma colinha a qual você recorre sempre que precisar lembrar do seu papel.

Cena 1: As competências e a nova temporada

Carol Bastos, gerente do RH – Desenvolvimento, está pronta para nos contar quais são as tão faladas novas competências e como aplicá-las no dia a dia. E, mais do que isso, o que exatamente a Porto Seguro espera de nós quando as escolhe para estrelar sua nova temporada. Assim, todo mundo pode se preparar melhor para atuar na série.

˝A grande novidade é o estabelecimento de seis competências para toda a empresa, o que simplifica e ajuda a caminhar para a integração, que é a marca da nova temporada˝, explica Carol. Chegar até essa síntese demandou muita conversa, a contratação de uma consultoria externa e, por fim, encontros com colaboradores da Companhia, num processo feito na medida do Jeito Porto, com a colaboração de bastante gente.

Para Carol, o principal objetivo de tudo isso é o desenvolvimento, não só o da empresa, mas também o autodesenvolvimento dos colaboradores, fundamental para o alcance dos sonhos que construiremos juntos ao longo dos próximos cinco anos. E que sonhos, não?

Nosso objetivo ao estabelecer as competências foi contribuir com o desenvolvimento da empresa, e também dos colaboradores.
Carol Bastos

Cena 2: Tudo começa com o Jeito Porto

Partimos do Jeito Porto, que nos ajuda a materializar nossa cultura em cada atendimento, seja ele interno ou externo. Carol completa: ˝A gente busca compreender o nosso cliente, suas demandas, empreender soluções para, então, encantá-lo e surpreendê-lo, certo? As competências derivam disso, duas para cada um dos pilares do Jeito Porto˝.

No pilar compreender, temos as necessidades dos clientes e da empresa. Ou seja, precisamos entender as oportunidades e conexões não só na nossa área, mas do negócio como um todo. Essa é a definição de visão integrada. Já o desprendimento está relacionado a abrir a mente, dar espaço às novas ideias e novas formas de fazer as coisas.

Para empreender, que é o segundo pilar,  precisamos de muita capacidade de entrega. O nosso sonho é grande: dobrar o número de clientes. Então, agora é foco no resultado, trabalhando, é claro, em parceria.

E no terceiro pilar, surpreender, precisamos de coragem e criatividade. Coragem para tomar as decisões difíceis, resolver problemas, não deixar as coisas debaixo do tapete. Com muito cuidado, falar o que precisa ser dito.  E criatividade, porque as oportunidades estão aí, e é esse olhar inovador que nos ajudará a fazer mais e melhor o que já fazemos aqui na Porto Seguro.

A deixa aqui é a autonomia. Afinal, é conhecendo bem de perto as competências – grandes estrelas dessa série – e entendendo exatamente o que significa cada uma delas é que iremos buscar nos desenvolver e ajudar a empresa a construir esse roteiro.

E aí? Bora lá protagonizar a nova temporada?

Quais são e como aplicar as seis competências?

O que são competências?

O conceito de competências nada mais é do que um conjunto de atributos necessários para que um indivíduo ou uma empresa realize determinadas tarefas e cumpra objetivos. Talvez fique mais fácil de entender quando resumimos assim:

C – conhecimentos que precisam ser adquiridos para determinada tarefa ou objetivo;
H – habilidades a desenvolver para esse propósito;
A – atitudes necessárias para colocar tudo isso em prática em prol do resultado.

Confira o vídeo com o bate-papo que tivemos com a Carol Bastos e fique por dentro das novas competências:

Comentários

{{comment.parent.comment_author}}
{{comment.parent.comment_date}}
{{comment.parent.comment_content}}
Comentar
{{children.comment_author}}
{{children.comment_date}}
{{children.comment_content}}
Comentar
Ver mais comentários

Matérias anteriores

Programa da Porto coloca em cena capacitação e empregabilidade
Um meio para quem sabe aonde quer chegar
Há doze anos, um porto seguro para quem ingressa no mercado de trabalho.