Por um retorno zen

Como podemos lidar melhor com a ansiedade das mudanças na rotina.

O ano de 2020 será lembrado por muito tempo. Afinal, quem poderia imaginar que nossa realidade se transformaria num filme de ficção científica, em que um vírus desconhecido nos obrigaria a praticar o distanciamento social literalmente de um dia para o outro? 

Mas, o retorno paulatino à rotina – apesar de desejado – também pode se tornar fonte de ansiedade e preocupação. Sabemos que o que muitos têm chamado de ˝novo normal˝ envolve alguns cuidados e a adoção de novos hábitos.  

Gilcirene Sampaio, psicóloga da Porto Seguro (arquivo pessoal).

˝Toda mudança é um estresse – casar, separar, começar um trabalho, trocar de emprego. Mudar requer um esforço mental que desgasta emocionalmente. A boa notícia é que o estresse ajuda na adaptação e, uma vez que nos acostumamos à mudança, ele diminui para os níveis normais˝, explica Daniel Barros, psiquiatra e professor da Faculdade de Medicina da USP.

Para Gilcirene Sampaio, psicóloga da Porto Seguro especializada em saúde mental, o retorno ao trabalho presencial irá provar nossa grande capacidade de adaptação e reinvenção. ˝Iremos ao ápice dessa capacidade para enfrentar o ˝desconhecido conhecido˝ e superar os medos deixados pela pandemia˝, explica.

 

 

Nossa capacidade de nos desprender de antigos hábitos será fundamental para nos adaptarmos ao ˝desconhecido conhecido˝
Gilcirene Sampaio

Oi, Ansiedade. É você?

Muito se fala sobre a questão da ansiedade, um sentimento comum em nossas vidas, e que carrega junto de si uma carga negativa. Gilcirene coloca a coisa de outra forma. Para ela, ter ansiedade é um sinal de saúde. ˝A ansiedade é a “gasolina da vida”, ela nos move, nos motiva, nos encoraja para novos desafios. No entanto, ser ansioso é transtorno, é a permissão que “damos”  ao medo para que paralise o cérebro˝.

Daniel Barros, psiquiatra e professor de Medicina da Universidade de São Paulo  (arquivo pessoal).

 

 

Daniel concorda e pontua: ˝ficar ansioso não é algo negativo. Se pensarmos que temos um problema a cada vez que ficamos ansiosos, só aumentamos o sofrimento. Por outro lado, se aprendermos que a ansiedade nos protege, retiramos a carga negativa da situação e lidamos melhor com ela˝.

Então, quando reconhecer a presença da ansiedade, melhor do que brigar com ela, é importante colocá-la em seu lugar, longe do controle da situação. 

Apostar nas boas perspectivas

Diante dessa dicotomia, como podemos lidar com novas perspectivas sem sofrer? Gilcirene destaca alguns caminhos:

– Afastar os maus pensamentos: aqueles que fazem com que nos sintamos fisicamente mal, é o primeiro passo.
– Entender que esses pensamentos automáticos, que surgem como verdades absolutas em nossas mentes, nem sempre o são.
– Fortalecer as perspectivas saudáveis, criando círculos positivos.

Retorno zen

 

Para quem não estava acostumado, trabalhar em esquema home office trouxe desafios. Muitos precisaram aprender a se concentrar num ambiente mais disperso, com as crianças sem escola, animais de estimação, barulho de vizinhos etc.

No momento em que boa parte da Companhia retornará ao ambiente corporativo, alguns pontos que facilitarão essa transição podem ser levados em conta.

Daniel aposta num bom clima organizacional, que ofereça aos colaboradores uma experiência positiva de retorno. ˝Isso pode tornar tudo mais fácil˝, afirma. Já Gilcirene chama a atenção para a perspectiva de retorno das mães que, além de se readaptar, lidarão com a adaptação das crianças e adolescentes na volta à rotina. 

˝Acredito que as empresas deverão olhar de forma holística e cautelosa o retorno desse grupo específico˝, pontua.

Por fim, nunca é demais reforçar a importância da atividade física regular e dos exercícios de meditação, sobretudo em momentos de transição e mudanças como o que estamos vivendo. ˝Ambos são muito eficazes para nos ajudar a lidar com o estresse˝, conclui Daniel.

Comportamentos e ações que podem nos ajudar a aliviar o estresse

– Viver o presente.
– Evitar o excesso de informações.
– Cantar, dançar, meditar, praticar ioga e andar de bicicleta.
– Cuidar de si e dos outros.
– Se amar.
– Respirar.

Jogo dos Sete Erros

Você está por dentro dos hábitos que o ˝novo normal˝ pede?

Clique nas imagens e descubra quais são as atitudes que passamos a adotar quando estamos dentro de casa…

… e quando estivermos de volta ao escritório:

Comentários

{{comment.parent.comment_author}}
{{comment.parent.comment_date}}
{{comment.parent.comment_content}}
Comentar
{{children.comment_author}}
{{children.comment_date}}
{{children.comment_content}}
Comentar
Ver mais comentários

Matérias anteriores

Conheça essa iniciativa de cuidado integral com a saúde
Conheça as novas ações que compõem o Programa de Saúde Integral
Você também faz parte da nossa família Porto. Além do novo benefício para você, familiar, venha saber de mais novidades!