Manaus, uma opção de viagem. Mas só depois da pandemia

Conheça a distância, por enquanto, as belezas da capital do Amazonas. E saiba como a Porto ajudou a cidade a enfrentar a pandemia.

Suelaine Cerqueira, coordenadora da Sucursal Manaus da Porto Seguro, conhece a fundo e tem muito orgulho de seu estado, o Amazonas. Ela representa bem a hospitalidade e simpatia que caracterizam os amazonenses, que ficaram evidentes na conversa com o Nosso Porto. 

O amor às suas origens aparece também quando ela nos conta mais detalhes sobre a doação de equipamentos de proteção individual feita pela Porto Seguro ao Hospital Delphina Aziz, referência no tratamento de COVID-19 em sua cidade. Como acompanhamos nos noticiários, Manaus foi a capital brasileira mais atingida pela pandemia, enfrentando semanas difíceis com hospitais chegando ao limite máximo de atendimento e falta de material.   

Foi em Manaus, inclusive, que uma equipe de médicos desenvolveu a Cápsula Vanessa, um equipamento que tem sido utilizado no tratamento de casos de COVID-19 com bons resultados. A cápsula consegue evitar que alguns pacientes sejam entubados, ao mesmo tempo em que protege os profissionais de saúde que lidam diretamente com os doentes. 

Chegada dos EPIs em Manaus (crédito: Suelaine Cerqueira).

 

A doação de uma grande quantidade de materiais de proteção individual foi uma das ações articuladas pela Porto Seguro para fazer frente à pandemia (saiba mais sobre o conjunto de ações na matéria da editoria Jeito Porto). Segundo Suelaine, o hospital já aguardava os equipamentos, mas a data de chegada não estava totalmente confirmada por questões de logística. Ela presenciou o impacto causado pela entrega tão esperada. ˝Os equipamentos chegaram no melhor momento, justamente o mais complicado para o Amazonas˝, conta.

Quando a funcionária do hospital que coordena a distribuição começou a abrir as caixas, todos se emocionaram. ˝Se você visse a felicidade dela pela qualidade, quantidade e tipo do material… um exemplo foi o avental. Ela olhou, respirou e disse: Graças a Deus! Eu não tinha aventais para a equipe do segundo turno. Tive muito orgulho de representar a Companhia e fazer parte daquilo˝.

Uber amazonense

˝Amo o meu Estado e sei o que ele representa para o Brasil. Ainda é pouco conhecido, principalmente por conta das distâncias e dificuldade de locomoção˝, explica. Suelaine faz questão de acompanhar os colaboradores da Porto que passam por Manaus e levá-los a seus locais preferidos. Acabou ficando conhecida como uber amazonense entre seus colegas. 

A pedido do Nosso Porto, Suelaine montou um verdadeiro roteiro turístico pela cidade, e ainda listou alguns passeios imperdíveis nos arredores da capital. Respeitando as regras de distanciamento social, ela não vê a hora de poder voltar a apresentar as belezas de sua cidade para os turistas, e recomenda: o melhor período para visitar a região são os meses de maio e junho, quando o calor é menos intenso e a temporada de chuvas ainda não começou. 

E, se você quiser dar uma olhada nas belezas de Manaus e arredores, e sentir toda a exuberância da Floresta Amazônica sem sair de casa, pode acessar o google street view e fazer um tour virtual pela região

Comentários

{{comment.parent.comment_author}}
{{comment.parent.comment_date}}
{{comment.parent.comment_content}}
Comentar
{{children.comment_author}}
{{children.comment_date}}
{{children.comment_content}}
Comentar
Ver mais comentários

Matérias anteriores

Viajamos pelo Brasil para mostrar as tradições juninas em cada canto do País.
Borimbora pra lá assim que der para viajar?
Descubra o que o Estado reserva para negócios e turismo.